Setembro marca o regresso

Às aulas, ao trabalho, à azáfama do dia a dia..
Regresse à rotina no seu melhor e deixe o stress para trás! O segredo?
Organização e preparação!

Organize o seu dia-a-dia, crie uma agenda de tarefas diárias, de forma a não se esquecer de nada neste regresso às rotinas após férias.
Passo nº1: Aponte já na sua agenda diária “tempo para mim”. Pela sua saúde física e mental, tempo para si é importantíssimo. Uma caminhada, uma ida ao ginásio, uma aula que estava mortinha por experimentar, uma massagem, um jantar, um almoço ou mesmo um pequeno-almoço diferente… Está na altura de retomar as rotinas, mas também de criar novas que beneficiem a sua saúde e a da sua família.Prepare o inverno! Nesta fase do ano, é fundamental ajudar a reforçar o sistema imunitário recorrendo a alimentos ricos em substâncias antioxidantes tais como a vitamina C e vitamina E, e ainda selénio e zinco. Por exemplo, sabia que a sopa é uma excelente opção para combater o frio, a fome, a desidratação e ainda enriquecer o organismo com fibra, vitaminas e minerais?E quando a alimentação não é suficiente? Caso não consiga obter os nutrientes e substâncias necessárias através da alimentação aposte na escolha de um suplemento alimentar adequado a si e às suas necessidades! Os suplementos alimentares disponíveis no mercado, posicionados para o normal funcionamento do sistema imunitário, contêm ingredientes como a vitamina C, vitamina D, zinco, equinácea e própolis.

A atividade física é fundamental para a saúde e ajudam a sentir-se bem! Ser fisicamente ativo todos os dias do ano poderá ajudar a prevenir afeções como a gripe e constipações. Além de fortalecer os músculos e os ossos, alivia o stress, ajuda a dormir melhor e ajuda a reforçar o sistema imunitário. Um adulto ou um idoso fisicamente ativo deve acumular 150 minutos de atividade física moderada ao longo da semana.

A vacinação anual é a forma mais eficaz de prevenir a gripe, complementada com medidas de etiqueta respiratória. A vacina oferece proteção elevada, ajudando o nosso organismo a criar defesas contra o vírus, diminuindo a probabilidade de contrair gripe. Além da vacina contra a gripe pode ser indicado, em alguns grupos a vacinação contra as infeções pneumocócicas – informe-se com o seu médico ou farmacêutico!